Em maio de 2007, Stana Katic foi nomeada uma das “21 Estrelas do Amanhã”, pela edição da Nylon Magazine sobre as novas caras de Hollywood, ao lado de nomes como Megan Fox, Rebecca Hall,  Aaron Paul e sua futura colega de elenco, Jess Weixler.

Stana Katic

Por Caroline Palmer | Fotografia por RJ Shaughnessy

Recentemente, Stana Katic tem se interessado por arco e flecha. A atriz canadense, cuja família vem da Costa da Dalmácia, Croácia, nunca foi de ir atrás das coisas fáceis na vida. Na verdade, a lista de suas coisas preferidas a fazer inclui astrofísica, design de roupas, dança flamenca e arqueologia – coisas atípicas para as estrelas-em-ascensão de Hollywood.

Quando eu era pequena, meus pais me encorajaram a escolher um caminho que era seguro e saudável,” Katic diz. “Eu me formei entre as 10 primeiras de uma turma de 700 (alunos), então eu percebi que tinha algumas opções.” De volta a seu mandato, Katic… foi desbravar. Ela tentou biologia, relações internacionais, direito e ser modelo, enquanto esteve na Universidade de Toronto, antes que um encontro ao acaso a inspirou a seguir seu coração – não importa o quão inviável seguir a carreira de ator fosse, para a sua família, “Eu encontrei um conhecido na rua, em Toronto, ao acaso, que me perguntou se eu trabalharia neste curta independente que eles estavam fazendo. Assim, eu entrei nesse caminho.

E tem dado certo para Katic. Após estudar na Chicago Goodman School of Drama, ela conseguiu diversos papeis grandes na televisão, incluindo o de Collette Senger, em 24 Horas, e Hana Gitelman, a mulher com habilidades mentais sem fio, na série de sucesso Heroes, assim como vários papeis recorrentes em Divisão Criminal (The Closer), Alias: Codinome PerigoPlantão Médico (ER), entre outros. Ela também deu um salto para a telona e aparecerá na comédia romântica de Robert Benton, Banquete do Amor, previsto para estrear no final deste ano.

Por todo o seu sucesso, Katic admite que ela também sofreu sua parte de rejeições, algumas dolorosas, outras reveladoras. Ela se lembra de ser uma das duas candidatas para um papel que ela queria muito, para no final ele ir para a outra atriz. “Eu tive momentos maravilhosos desenvolvendo a personagem, foi uma dessas vezes na qual o resultado final não importava muito,” ela diz.

Agora, vivendo na Califórnia, Katic (cujo primeiro nome é pronunciado Stã-na e significa afastar a má sorte, na terra natal de sua família) não se arrepende de ter feito da carreira das artes seu lar – uma carreira que, assim como com arco e flecha, precisa de uma quantidade enorme de trabalho para permanecer focado. “Esta é a coisa mais fantástica nisso,” diz Katic sobre arco e flecha. “É um esporte antigo e é preciso foco, mas é tão gracioso.” É uma boa regra para um grande talento emergente seguir.

Curiosidade: A fotógrafa RJ Shaughnessy usou uma câmera polaroid para fotografar Stana Katic.

 Sessão fotográfica

Inicio » Ensaios Fotográficos | Photoshoots » 2007 » 001: RJ Shaughnessy