Por Sandra Gonzalez

[haiku url=”http://www.stana-katic.com.br/wp/wp-content/uploads/2013/10/Stana-Katic-EW-Radio-Part-1-CBGB.mp3″ title=”Stana Katic na Entertainment Weekly Radio – Parte 1″ graphical=”true”  showtime=”true”] [haiku url=”http://www.stana-katic.com.br/wp/wp-content/uploads/2013/10/Stana-Katic-EW-Radio-Part-2-Castle.mp3″ title=”Stana Katic na Entertainment Weekly Radio – Parte 2″ graphical=”true”  showtime=”true”]
Sandra Gonzalez: Eu quero começar com “CBGB“, porque eu assisti ao filme na noite passada. Um filme de punk rock super legal. E isso é exatamente o que é para ser, certo?
Stana Katic: Sim, acho que estamos apresentando CBGB para uma nova geração de pessoas. E é uma história sobre como aquele club de punk rock começou, sobre as pessoas que estavam por trás dele e o sustentou por tanto tempo e que na verdade ofereceu uma oportunidade para ótimas bandas, como The Police, Iggy Pop, Blondie e muitos outros de serem vistos e ouvidos.

Sandra Gonzalez: Exatamente, ouvidos, porque esse filme tem muita música. Todos vocês cantaram? Eu sei que você interpreta uma produtora, então você não cantou no filme de verdade. Mas as pessoas interpretando os personagens cantaram as músicas que ouvimos?
Stana Katic: Todos que estavam cantando no palco sabiam a música e acho que em alguns casos eles estavam utilizando suas próprias vozes e em outros casos eles usavam playback. Mas eu não tenho certeza de quem dublou ou não. Mas muitos dos atores cantavam as músicas que eles estavam apresentando, todos sabiam mais ou menos o que estavam fazendo, todos vieram muito bem informados e prontos para atuar.

Sandra Gonzalez: Sim, conte-nos sobre sua personagem, eu sei que você interpreta uma lendária produtora. Conte-nos sobre Genya.
Stana Katic: Eu interpreto Genya Ravan que foi a vocalista da primeira banda só de garotas de New York. Ela foi, ainda é, uma cantora fantástica com uma voz de blues maravilhosa. E por ela ser também uma grande força na indústria da música de New York, ou na cena musical, ela era um recurso para Hilly – que era seu amigo – e era a pessoa certa para tentar produzir uma banda nova, que na época era os Dead Boys.

Sandra Gonzalez: Quando você diz Hilly, é Hilly Kristal, interpretado por Alan Rickman que estava fantástico no filme.
Stana Katic: Sim, ele é muito fantástico o tempo todo. Ele faz um trabalho maravilhoso interpretando esse personagem muito interessante que acidentalmente criou uma Meca do rock para muitos músicos de New York.

Sandra Gonzalez: Há um ótimo pedaço no fim do filme onde eles usam cenas reais de Hilly no Rock ‘n Roll Hall of Fame e aquilo foi super legal. Um pequeno toque que eles colocaram no filme.
Stana Katic: Foi legal, pois você pode ver o quão parecido Alan Rickman e ele era. Foi legal. Foi legal eles terem colocado aquilo, também pudemos ver o quão especial Hilly foi para todos esses músicos que estavam agradecendo a ele.

Sandra Gonzalez: Genya obviamente é uma personagem diferente de Beckett, a qual você é mais conhecida por interpretar. O que te chamou atenção nesse papel e em querer fazer esse filme?
Stana Katic: O filme é sobre um período da história do rock que abriu portas para tudo que estamos ouvindo agora. Para muita coisa que estamos ouvindo agora. Então quando eu descobri que o filme estava sendo feito eu quis muito fazer parte dele. Genya apareceu como uma das personagens que fez sentido. Eu a amei, eu pude conhecê-la e achei que ela era uma força incrível e uma mulher audaciosa. Foi maravilhoso interpretar alguém do mundo musical como ela.

Sandra Gonzalez: Você é fã daquela Era musical?
Stana Katic: Sim.

Sandra Gonzalez: Não que alguém não seja, mas ainda assim…
Stana Katic: Sim, com certeza. Talking Heads, Television, todos esses caras, Iggy Pop, vieram de lá. Com certeza.

Sandra Gonzalez: Eu sei, Iggy estava ótimo no filme também.
Stana Katic: Sim, Taylor Hawkins me surpreendeu. Ele fez um ótimo trabalho.

Sandra Gonzalez: Quero falar sobre essa cena em particular, com você e Rupert Grint. (risos) Você está rindo, então você sabe do que estou falando.
Stana Katic: Sim.

Sandra Gonzalez: Existe essa cena no filme onde ele abaixa as calças para Genya. Conte-me sobre gravar isso. Quando eu estava assistindo eu fiquei “Meu Deus, Ron Wesley está tirando as calças na frente de Beckett! Não acredito no que estou vendo.” Isso foi hilário. Foi uma ótima cena. Você pode falar sobre como foi grava-la?
Stana Katic: Não há nada de Ron Wesley em Rupert nesse filme. Ele é bem o roqueiro de Cleveland que estava interpretando, Cheetah Chrome. Cheetah, o verdadeiro, veio ao set e passou um tempo conosco e nos contou histórias sobre estar no club e trabalhar com Genya. Ele e Genya ainda se falam, eles são amigos adoráveis até hoje. Então foi legal retratar o comecinho do que se tornaria uma amizade.

Sandra Gonzalez: Sim, foi fantástico. E você está completamente certa, eu tive que olhar duas vezes quando o vi pela primeira vez no filme. Eu fiquei “Meu Deus, é ele!” Todos fizeram um bom trabalho deixando de serem as pessoas que nós conhecemos para ser os personagens.
Stana Katic: Sim, elas se dedicaram, as pessoas que vieram fazer o filme estavam muito dedicadas em fazer justiça aos personagens que eles estavam interpretando. Os rapazes que estavam interpretando os Ramones eram fenomenais, eu me lembro de tê-los visto andando pela rua uma vez, eles estavam em seus figurinos. Eu me lembro de ver a reação ao redor deles. As pessoas estavam chocadas, pois os meninos tinham um ótimo controle sob os personagens e foi como se estivéssemos voltando no tempo.

Sandra Gonzalez: Todos que me conhecem sabem que eu sou uma grande fã de Castle. Fiquei muito animada em ver Beckett dizer sim para o pedido de Castle. Alerta de spoiler se você ainda não viu a estreia, mas já devem ter visto. Sem desculpas. Conte-nos, você está feliz que ela disse sim no começo da temporada? O que você achou de toda essa cena? Porque eu amei!
Stana Katic: Eu achei que foi legal. Eu acho que a surpresa para personagem de Beckett foi muito legal, pois eu não acho que ela esperava que isso fosse acontecer. Sabe, é esse um dos momentos lindos que são paralelos de muitas vidas, especialmente para as pessoas que estão seguindo a série. Eles se relacionam com a alegria e em estar em um relacionamento como esse. E eu estava ansiosa para isso e achei que era hora dos dois resolverem que direção eles estavam indo. Foi lindo, muito legal de fazer.

Sandra Gonzalez: E nós sabemos que mesmo ela aceitando o pedido de casamento ela foi trabalhar no FBI agora, mora em D.C. longe de Castle. Eu amei o modo como eles encontraram uma maneira de fazer isso dar certo. Não só em cena, mas os roteiros também, colocando esse grande obstáculo durante esse momento de felicidade. Você pode falar um pouco sobre isso?
Stana Katic: Haveria um debate e uma consideração que nosso produtor executivo Andrew Marlowe introduziu na temporada passada, e a história que segue é que enquanto ela e Castle estão possivelmente se comprometendo um com o outro ela foi oferecida essa oportunidade de trabalho realmente maravilhosa em Washington, D.C. para trabalhar no Gabinete da Procuradoria Geral. É o trabalho dos sonhos para ela. Mas a tiraria da cidade de New York, o que no fim das contas não é tão longe, especialmente se o seu namorado na época for um multimilionário. Mas isso criou um pequeno obstáculo para eles, para eles trabalharem em seu relacionamento. Eu achei que foi muito verdadeiro, muitas garotas e garotos hoje em dia estão tentando equilibrar uma história de amor, um relacionamento ou até uma vida em casa com uma carreira. Manter os dois e ter certeza que ambos são satisfatórios é um malabarismo interessante. Eu vejo isso a todo tempo, pelo menos em nossa indústria. Nós temos amigos e atores maravilhosos que são capazes de ter uma vida fantástica em casa e também produzir apresentações fascinantes como Meryl Strip, Kate Blanchet, Kate Winslet, a lista é longa. Elas têm suas vidas familiares e filhos e ainda assim fazem performances incríveis. Então eu achei que isso era uma coisa verdadeira que as pessoas enfrentam hoje em dia e fez sentido que Kate estivesse lidando com a mesma coisa.

Sandra Gonzalez: Sim, e eu amo que Castle a apoiou com isso, sabe. Não acho que alguém esperasse que ele fosse um idiota e virasse “Não vá.
Stana Katic: Sim, eu sei. Ele definitivamente fez um ótimo trabalho. Ele a apoiou muito. Foi encantador, pois se eles não conseguissem superar isso, então o relacionamento não teria uma vida longa. Ele chegou e eu achei que foi escrito de uma maneira maravilhosa. Os roteiristas criaram um espaço no qual ele, como você disse, apoiou muito sua namorada e noiva a ir e realizar seus sonhos. E acho que foi maravilhoso.

Sandra Gonzalez: Quero saber o que acontecerá no episódio de hoje à noite. Nós sabemos que você ainda está em D.C.. Lisa Edelstein está ótima. Ela está fantástica, eu assistiria um spin-off de vocês duas. Mas você, claro, teria que continuar em Castle. Desculpe-me, estou te colocando em dupla jornada aqui na minha cabeça. Mas conte-nos o que acontecerá no episódio de hoje à noite, eu sei que é o terceiro.
Stana Katic: Sim, é. Foi muito divertido trabalhar com Lisa, porque ela é uma atriz interessante. Ela trás muito para a série, sempre trabalhando para enriquecer qualquer cenário e os relacionamentos que estou retratando na tela. Tivemos ótimos momentos trabalhando juntas. Fico feliz que um pouco disso transparece em cena. Basicamente no episódio dessa noite… Tradicionalmente o que vimos nas historias é que de vez em quando o FBI ou a CIA aparece e atravessam o caso e se apoderam dele e é muito… Isso aborrece a equipe da polícia de NY. E dessa vez temos nossos rapazes no Departamento de Polícia de NY, Esposito e Ryan, interpretados por Jon Huertas e Seamus Dever, trabalhando em um caso e de repente Beckett está do outro lado da linha e ela faz parte do Gabinete da Procuradoria Geral que aparece e se apodera do caso. E ela tem que tipo navegar por isso. É quase como estar de volta à sua antiga escola e ter estado na Universidade por alguns anos e ficar “como fazemos isso?”. Então eu acho que há um pouco de trabalho a ser feito, sabe. As garotas estão de um lado do caso e os rapazes estão trabalhando em outro e todos eles precisam um do outro para poder resolver as coisas no final.

Sandra Gonzalez: Estou muito animada – não só com o resto da temporada – mas em ver especialmente como Beckett e Alexis se darão. Você pode nos dizer como veremos as duas. Eu entendo que haverá um grande episódio para Alexis no futuro.
Stana Katic: Sim, eu acho que Alexis está lidando com como ela se sente com seu pai entrando em um novo relacionamento. E ela lida com isso muito bem junto de Castle. E os dois têm um relacionamento muito bonito. Ele obviamente se preocupa com sua filha e acho que o modo como os roteiristas lidaram com isso… Eu me sinto tentada, pois eu não posso falar muito sobre isso, mas o modo como os roteiristas lidaram com isso nos aproxima.

Sandra Gonzalez: Você acha que Beckett será uma boa madrasta?
Stana Katic: Eu não sei se ela é uma madrasta, sabe. Acho que ela será uma boa amiga. Eu acho que madrasta sempre sugere que ela talvez esteja mais no controle das coisas do que ela está. Eu acho que ela será uma grande amiga. E acho que isso é encantador, sabe. É legal ter sua namorada ser educada, amorosa e se dedicar aos seus filhos. Então eu acho que isso é importante. E o que eu experimentei com a personagem é que ela respeita esse relacionamento que Castle tem com sua filha. Ninguém consegue substituir esse relacionamento. E isso é sensível. E você tem que estar ciente disso. Você precisa ser educada a esse relacionamento, porque esses tipos de mudança afetam os filhos. Eu acho que o modo como os roteiristas vem lidando com isso tem sido muito cativante e real.

Sandra Gonzalez: Você acha que veremos um casamento de verdade essa temporada?
Stana Katic: Na verdade eu não sei. De verdade. Acho que acontece tanta coisa quando você monta um casamento que temos muitas coisas para fazer quanto a isso, mas eu não sei se acontecerá essa temporada. Ninguém me falou.

Sandra Gonzalez: E você quer um? Você está pronta para vestir um vestido longo e branco, segurar um buquê?
Stana Katic: Oh, você acha que ela vestirá um vestido branco, huh?

Sandra Gonzalez: Eu realmente quero ver como seria uma versão da despedida de solteiro de Beckett. Eu acho que isso seria um momento muito bom. Ela não me parece ser o tipo de pessoa que se solta, então imagine quando ela tiver uma despedida de solteira e ela está hesitante e de repente ela é essa rebelde. E ela já deu dicas desse seu lado, nós apenas nunca o vimos. Estou realmente ansiosa para isso. Além disso, há algo a mais que você gostaria de adicionar sobre o que podemos esperar nos próximos episódios de Castle ou no relacionamento deles no geral. Obviamente os fãs estão sempre clamando por mais informações sobre esses dois.
Stana Katic: Sabe, eu acho que eles superaram um grande obstáculo, passando pelo que aconteceria em Washington e o modo como Castle lidou com isso foi lindo e solidário e exatamente o que dois namorados deveriam ter. Eu espero. Um espaço um com o outro onde eles possam continuar a crescer , desafiar um ao outro e se apoiarem. Então eu acho que conforme seguimos com a temporada nós lidaremos com todas as complicações de como esses dois começam a coabitar e a unir seus mundos de uma maneira que eles não fizeram no passado e também se preparando para esse maravilhoso casamento que eu acho que acontecerá logo. Ou quando quer que aconteça.

Sandra Gonzalez: Muito legal. Stana Katic, muito obrigada por nos visitar no Entertainment Weekly Radio.
Stana Katic: Obrigada.